Pesquisa aponta que consumidor está otimista neste começo de ano


Uma pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) constatou que o consumidor está mais confiante em relação àeconomia neste começo de ano. O indicador, que estava em 73,1 em dezembro de 2016, cresceu 6,2 pontos, atingindo a marca de 79,3 pontos no primeiro mês de 2017.

Para esse levantamento, são levados em consideração dois elementos: o Índice da Situação Atual (ISA) e o Índice de Expectativas (IE). Em ambos, houve crescimento em janeiro. O primeiro subiu 2,9 pontos, chegando em 68,1 pontos. Já o segundo componente cresceu 8,3 pontos, alcançando 88,1 pontos.

A coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt, explicou o que resultou nesse crescimento de confiança.

“A alta da confiança em janeiro está relacionada às expectativas de melhora do ambiente econômico com a queda na inflação e a aceleração do movimento de redução das taxas de juros”, afirmou.

Além disso, de acordo com a coordenadora, a confiança dos próximos meses também deve permanecer alta. Isso porque, ainda segundo a pesquisa da FGV, em janeiro houve uma expectativa menos negativa do consumidor em relação ao futuro no que se refere a economia, finanças, emprego, compras, inflação e taxa de juros.

Faixa de renda

O estudo também apontou em que pé está a confiança do consumidor de acordo com sua faixa de renda.

Nesse caso, houve aumento em todos os níveis, sendo que o grupo de renda familiar mensal entre R$ 2.100,01 e R$ 4.800,00 contou com a maior expansão – alta de 11,3 pontos. Com isso, esse grupo atingiu 83 pontos, maior nível desde janeiro de 2015.

Fonte: Blog Skill


₢ 2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Monica Ferraz de Almeida