Combate à corrupção: BC determina restrição para saques em espécie


A partir de 2018, clientes terão que avisar bancos com antecedência para saque de valores elevados.

A partir de 2018, as pessoas que desejarem sacar mais do que R$ 50 mil deverão avisar seu banco com pelo menos três dias de antecedência.

Essa é a nova medida tomada pelo Banco Central (BC) – e divulgada em circular no final do mês de junho – para intensificar o combate à corrupção.

Com isso, a organização irá alterar as regras vigentes atualmente, que determinam que o cliente avise a instituição financeira apenas um dia antes do saque e somente no caso de saques de R$ 100 mil ou mais.

Outra alteração que será feita diz respeito ao procedimento adotado pelos bancos no caso de um saque de valor elevado. Hoje em dia, as instituições financeiras devem comunicar o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) quando são feitas retiradas em espécie de pelo menos R$ 100 mil.

em 2018, elas deverão fazer a comunicação todas as vezes que valores iguais ou acima de R$ 50 mil forem retirados.

Recomendação
Segundo o Banco Central informou em comunicado, essa alteração veio por conta da uma recomendação feita em 2016 pelos órgãos que fazem parte da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro.

O objetivo com essa iniciativa é aperfeiçoar os procedimentos e controles relativos a operações com recursos em espécie.

Fonte: Blog Skill


₢ 2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Monica Ferraz de Almeida